HABILITE SUA REDE FÍSICA DE SEGURANÇA PARA IP

A migração para as funcionalidades avançadas de segurança e vigilância baseadas em IP é a melhor solução para proteger seus funcionários, clientes e negócios. Mas os desafios são muitos. Um planejamento adequado é primordial para evitar custos, riscos e interrupções nos negócios. Quando você projeta a atualização da sua LAN com os switches PoE, você simplifica a instalação e economiza custos. Mantenha essas dicas em mente enquanto estiver planejando sua migração para IP:

#1: Faça um inventário:

Documente todos os dispositivos de extremidade IP que você pretende instalar (ex.: câmeras IP, alto-falantes, etc.) juntamente com as localizações específicas para cada dispositivo.

#2: Considere a largura de banda:

Determine a largura de banda necessária para ser alocada a cada dispositivo, com as exigências para sua utilização atual e futura. Para as aplicações em tempo real será importante considerar a disponibilidade de largura de banda. A topologia ponto a ponto e a alocação de largura banda dedicada para cada ponto de extremidade, garantem que a disponibilidade e a banda necessária estarão disponíveis, independente do consumo de banda em produção ou nas demais redes. As câmeras IP geralmente consomem entre 3 Mbps e 50 Mbps, ou menos.

#3: Considerações sobre a alimentação:

Lembre-se que a segurança IP e os dispositivos de vigilância normalmente consomem entre 5 e 30 watts de potência.

#4: Separe as redes:

Tenha em mente que você não vai querer os dispositivos IP de extremidade e as aplicações de segurança, operando em sua rede de produção corporativa. Devido as larguras de banda necessárias para os fluxos de vídeo é recomendado que você tenha uma rede LAN separada fisicamente.

#5: Economize potencializando o que você já dispõe:

A infraestrutura coaxial ponto a ponto pode ser potencializada com novos switches PoE de longo alcance utilizando cabos coaxiais. Ao transformar a infraestrutura coaxial existente quando estiver migrando para IP, você economizará os custos associados à retirada e a substituição da infraestrutura.

#6: Elimine a dependência dos racks intermediários:

Os switches com PoE de longo têm uma vantagem sobre os switches PoE convencionais, eliminando as limitações de alcance e a dependência de múltiplos racks intermediários. Você não precisará mais se preocupar com as distâncias entre os dispositivos de extremidade e o rack mais próximo. A instalação dos novos switches não irá criar novas exigências de racks intermediários.

#7: Destine as economias para áreas que realmente importam:

Ao reutilizar a infraestrutura existente, as economias criadas poderão ser alocadas para aplicações trazendo um melhor retorno sobre o investimento, ao invés de gastar ainda mais com a infraestrutura.

Baixe o PDF aqui.